Informação

Informação
São Miguel/RN

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Pato aciona a Justiça para rescindir com o Corinthians

Alexandre Pato recebe R$ 800 mil por mês, dividido igualmente entre Corinthians e São Paulo


O atacante Alexandre Pato acionou a Justiça Trabalhista para reclamar de atrasos de dez meses no pagamento de direitos de imagem e rescindir o seu contrato com o Corinthians. Como o jogador tem vínculo de empréstimo até o fim do ano com o São Paulo, que lhe deve três meses, o clube do Morumbi também é réu na ação e não teria mais nenhum contrato com o atleta em caso de rescisão.
O advogado do atacante, João Henrique Chiminazzo, alega ainda que os dois clubes não recolheram corretamente nos últimos meses o FGTS. Alexandre Pato recebe R$ 800 mil por mês, dividido igualmente entre Corinthians e São Paulo. As duas equipes convivem com problemas financeiras e têm passado por dificuldades para cumprir os pagamentos com os respectivos elencos.
A juíza responsável pela ação, Maria Alice Severo Kluwe, deu aos clubes prazo de 72 horas para comprovarem que não estão em atraso com o jogador. O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, disse que os direitos de imagem são repassadas para uma pessoa jurídica, uma empresa que gerencia a carreira de Pato.
"O direito de imagem do Pato é de uma empresa, não é dele. Mas está tudo quitado. Estava em atraso, mas está tudo quitado. Pato vendeu os direitos de imagem dele quando tinha 16 anos, para uma empresa inglesa", afirmou em entrevista ao canal Fox Sports.
Já o São Paulo prometeu no começo da semana pagar o atraso dos direitos de imagem do elenco. O prazo apresentado é até esta sexta-feira. O vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, explicou que o débito se refere aos dois últimos meses.