Informação

Informação
São Miguel/RN

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

RN registrou 275 mortes violentas em seis meses

A Câmara Técnica de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) realizou na manhã desta terça-feira (5) uma reunião de monitoramento estatístico acerca dos CVLIs no Rio Grande do Norte. Durante o encontro, foram apresentados os dados de mortes violentas registradas nos sete primeiros meses de 2015. Segundo levantamento da Câmara Técnica, houve uma redução de 14,29% no número de crimes violentos letais intencionais no mês de julho, se comparado com o mesmo período do ano passado. Em julho do ano passado, o Estado registrou 168 crimes, enquanto que em julho deste ano, o número caiu para 144 mortes. No acumulado dos sete primeiros meses do ano, a redução, se comparado com os sete primeiros meses de 2014, é de 13,26% no número de CVLIs. Em Natal, a redução no número de crimes violentos letais intencionais foi ainda mais significativa, caindo de 360 mortes nos sete primeiros meses de 2014 para 275 assassinatos de janeiro a julho deste ano, o que significa uma redução de 23,61%. Em Mossoró, a redução foi de 7,77%, caindo de 103 mortes em julho de 2014 para 95 em julho deste ano. Em Parnamirim, a redução foi de 5,81% (caindo de 86 mortes para 81). No acumulado dos sete primeiros meses de 2015, entres os tipos de CVLI, o homicídio ainda é o que predomina com 825 ocorrências, mesmo tendo uma redução de 9,84% se comparado com 2014, quando nesse período já havia registrado 915 mortes. Já os crimes de latrocínio, roubo seguido de morte, houve uma redução de 33,33% se comparado com os sete primeiros meses de 2014. Criada em fevereiro deste ano, a Câmara tem o objetivo de melhorar a inteligência sobre a investigação, prevenção e repressão dos crimes intencionais contra a vida. A Câmara Técnica de CVLIs é composta por membros efetivos indicados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, pelo Comando da Polícia Militar, pela Delegacia Geral de Polícia, Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar e pelo Instituto Técnico e Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (ITEP). Além destes membros, também são convidados a participar da Câmara Técnica representantes do Tribunal de Justiça do RN, Ministério Público Estadual, Secretaria de Estado da Saúde Pública, Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres, Secretaria Extraordinária da Juventude, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Defensoria Pública Estadual, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN), Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Estadual de Direitos Humanos e da Cidadania, UFRN, UFERSA e UERN. São considerados como CVLIs toda ação humana que visa a atingir fisicamente a outro, produzindo morte como resultado final imediato ou posterior em decorrência da natureza do ferimento causado. Na ocasião, a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais da Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) divulgou os dados relativos ao número de assaltos, furtos e roubos de Natal e Região Metropolitana. No mês de julho, o número de roubos em Natal reduziu em 6,3% se comparado com o mesmo mês do ano passado. Já no acumulado do ano a redução é de 15,14%. Na Região Metropolitana, houve um aumento de 17,7% no mês de julho, e no acumulado o aumento é de 6,36%. Em relação ao número de furtos, em Natal, no mês de julho, houve um pequeno aumento de 2,66%, mas no acumulado do ano há uma redução de 11,01%. Na Região Metropolitana, a redução no mês de julho foi de 16,39% e de 9,52% no acumulado dos sete primeiros meses do ano. Já os números de ocorrências de lesões de corporais em Natal caiu 12,17% no mês de julho e 11,10% no acumulado do ano. Na região Metropolitana, essa redução é de 10% no mês de julho e de 8,83% no acumulado do ano.

Fonte: chegando na hora