Informação

Informação
São Miguel/RN

sábado, 8 de agosto de 2015

Casal de estelionatários presos por golpe do "envelope vazio" em Natal/RN




Os policiais civis da 4ª Delegacia de Polícia de Natal, com apoio da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) prenderam em flagrante nesta sexta-feira (7) por estelionato tentado as pessoas de Douglas Fabrício de Oliveira Sales, de 23 anos, e Jéssica Christian Nascimento de Sales, de 18 anos. O casal vinha aplicando o golpe conhecido como “falso depósito” ou “envelope vazio”, na cidade de Natal, principalmente em compras de mercadorias anunciadas em websites.
Após denúncias anônimas, a equipe policial montou campana em um prédio, próximo a ladeira do Sol, onde se encontrava uma vítima do casal. Enquanto Douglas aguardava a companheira em uma moto, do lado externo do prédio, Jéssica foi de encontro à vítima para lhe entregar o comprovante do depósito que supostamente havia realizado.
Na delegacia, o casal já foi reconhecido por outras vítimas. Douglas foi identificado como preso do regime semi-aberto, tendo sido, nesta mesma semana, conduzido a delegacia de plantão da Zona Sul onde foi lavrado um termo circunstanciado de ocorrência por uso de droga. Na residência do acusado foi encontrado um vídeo gamemodelo X-Box, proveniente de um dos golpes.

O GOLPE
O golpe do “falso depósito” ou do “envelope vazio” é uma modalidade bastante conhecida do estelionato, aplicado principalmente em compras de mercadorias via internet. O golpista entra em contato com a vítima que fez o anúncio, que acredita na veracidade do comprovante de depósito e faz a entrega do bem, sendo posteriormente identificado que foi depositado um envelope vazio, apenas indicando que continha o valor supostamente negociado.
Nessas negociações o recibo demonstra apenas que houve um depósito, gerando uma expectativa depagamento. A Polícia Civil recomenda a população que costuma negociar bens através de websites, que não efetuem a entrega dos produtos até que o dinheiro tenha sido efetivamente creditado na conta bancária.

A Polícia Civil solicita que as pessoas que foram vítimas deste tipo de golpe, compareçam a 4ª Delegacia de Polícia, localizada na Rua João XXIII, no bairro de Mãe Luisa.

Fonte: chegandonahora