Informação

Informação
São Miguel/RN

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Missa lembra um mês da morte do cantor Cristiano Araújo, em Goiás

Familiares e amigos participaram de cerimônia na igreja que ele frequentava.
Músico e a namorada foram vítimas de acidente na BR-153, no último dia 24.




Familiares e amigos do cantor Cristiano Araújo, de 29 anos, que morreu em um acidente de carro na BR-153, em Goiás, participaram na noite desta quarta-feira (22) de uma missa na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, no Conjunto Itatiaia, em Goiânia. A cerimônia, realizada na igreja que o sertanejo costumava frequentar, lembrou que a tragédia, que também vitimou a namorada do músico, Allana Moraes, de 19, completará um mês no próximo dia 24.

acidente aconteceu quando ele voltava para Goiânia após um show em Itumbiara, no sul do estado. Além do cantor e de Allana, estavam no automóvel o empresário Victor Leonardo e o motorista Ronaldo Miranda. Eles se feriram, mas receberam alta médica dias depois.
Entre os presentes na missa estavam o pai de Cristiano, João Reis de Araújo, a mãe, Zenaide Melo, dois irmãos dele, Felipe e Ana Cristina Araújo, o assessor de comunicação do sertanejo Rafael Vannucci e o empresário Victor Leonardo. Além disso, estiveram no local os dois filhos do músico, João Gabriel, de 7 anos, e Bernardo, de 2.

VEJA FOTOS DA MISSA

Durante a abertura da cerimônia, o padre Marcos Rogério de Oliveira ressaltou que músico, apesar da rotina corrida, fazia questão de participar da Missa da Família, sempre às quartas-feiras. Um vídeo feito no local mostra o sertanejo cantando durante uma celebração.

Além disso, o pároco agradeceu a presença do pai do artista e falou sobre o "querido Cristiano". "Seu João, seu filho já está ressuscitado na presença de Deus. Mesmo com a ausência física, é isso que está nos nossos corações", destacou.

Em seguida, o padre pediu uma salva de palmas para o cantor e foi prontamente atendido pelas mais de 2,5 mil pessoas que acompanharam a cerimônia.

A igreja é a mesma onde foi realizada, no último dia 1º de julho, a missa de 7º dia do cantor. Na ocasião, cerca de 5 mil pessoas, entre familiares, amigos, fãs e integrantes da banda, estiveram presentes para homenagear Cristiano.
Irmã e mãe do sertanejo também participam de missa, em Goiânia (Foto: Sílvio Túlio/G1)Irmã e mãe do sertanejo também participaram de missa, em Goiânia (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Empresário de Cristiano Araújo, Victor Leonardo, também participa da missa em homenagem ao cantor em Goiânia, Goiás (Foto: Sílvio Túlio/G1)Empresário Victor Leonardo, que se feriu no acidente, foi à cerimônia  (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Acidente e enterro
O acidente que matou o cantor e namorada aconteceu na altura do km 614 da BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina. Allana morreu ainda no local e Cristiano chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Municipal de Morrinhos. Depois, ele foi transferido até o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Apesar dos esforços para socorrê-lo, o sertanejo não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil investiga as causas do acidente e os dados da 'caixa preta' do veículo, um Range Rover Sport 2015, foram enviadas para leitura na sede da Land Rover na Inglaterra. O delegado Fabiano Henrique Jacomelis, responsável pelo caso, ainda aguarda o resultado de laudos, entre eles o que pode esclarecer se que o sertanejo e a namorada estavam sem cinto de segurança.

O casal foi velado junto no Palácio da Música, localizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), em Goiâniax. Segundo a Polícia Militar, cerca de 50 mil pessoas estiveram no local.
Ambos foram enterrados no dia 25, no Cemitério Jardim das Palmeiras, na capital. Mais de 1,5 mil pessoas acompanharam o enterro do cantor. Os presentes deram uma salva de palmas e cantaram vários sucessos do artista durante a despedida.
Cristiano Araújo e a namorada, Allana Moraes morreram em acidente em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Cristiano Araújo e a namorada, Allana Moraes, morreram em acidente (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Fonte: G1 Goias