Informação

Informação
São Miguel/RN

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Quase 800 milhões de pessoas não têm acesso à água no mundo

semagua

Quase 800 milhões de pessoas não 
têm acesso a água no mundo e uma 
das principais saídas para a crise 
hídrica é estimular a população a
 economizar. Esse é o tema da
 terceira reportagem de Tonico
 Ferreira na série
 “Água – Planeta em Crise”. 
Em países 

como os Estados Unidos e a Austrália, o governo chega a dar
 incentivos financeiros para quem está disposto a evitar o 
desperdício. A série é 
uma parceria do Jornal da Globo com o Globo Natureza.




Com um açude bem no centro da cidade, Campina Grande, na Paraíba,
 dá a impressão de que tem água sobrando, mas não. O açude está
 poluído por esgoto. Resta para a cidade o reservatório Boqueirão, a 
45 km do centro, que está com menos de 18% da capacidade.Resultado: 
os 400 mil habitantes de Campina Grande estão submetidos a um rodízio
 de água rigoroso. O fornecimento é interrompido às 5 da tarde de sábado
 e só volta às 5 da manhã de terça-feira.

* Robson Pires